Livro-Guia

O Livro Guia Caminho da Luz, o Caminho do Brasil, de autoria de Albino Neves, além de conter todas as informações necessárias para quem deseja percorrer o Caminho, aborda também a história da região e a filosofia do ato de peregrinar. O livro pode ser adquirido fazendo download do arquivo em PDF. Vá ao pé da página e faça o download. A edição impressa está esgotada em sua 6ª edição!

Em Tombos, no Hotel Serpa o caminhante, ciclista e cavaleiro recebem um guia sintetizado sobre o Caminho da Luz.

Contato com o autor: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

 

 Siga sempre as setas amarelas e as placas indicativas do Caminho!

Trechos do Livro

Quando o caminhante compreende que deve deixar o barro, a lama e a poeira pelo caminho, para desfrutar das belezas do campo e das flores, guardando apenas seu perfume e o canto dos pássaros, o mugir do gado e o coaxar dos sapos e rãs, por certo, ao concluir a jornada, terá obtido elementos para construir um belo jardim e, desta forma, perfumar os caminhos da vida com a própria razão advinda de sua satisfação de viver. O Caminho dissipa dores, acalma as tempestades da alma, fortalece os músculos da sabedoria, enobrece o sentimento de ser e faz com que, a cada passo, o caminhante aprenda a renascer.

O caminhar rumo ao desconhecido, por si só, é um ato de fé. É crer que, apesar das agruras dos caminhos, da vastidão dos desertos, da densidade das florestas e da imensidão das montanhas, o Criador sempre suprirá nossas necessidades, mostrando-nos que somos mais do que pensamos e merecemos mais do que imaginamos. Se a fé derruba montanhas, transpô-las é ainda mais fácil. A fé é o falar da parcela divina que abre as portas do coração para que possamos ouvir a voz do Criador.

A limpeza da mente faz-se através do perdão. É o perdão que desafoga o coração fundido em dores e recalques.

Quando sabemos reconhecer aquilo que recebemos e damos graças pela graça recebida, multiplicamos, nos campos da vida, o direito de receber novas graças. Assim, nunca nos faltará, no poço da vida, o necessário para vivermos plenamente a cada instante.

O amor é a manifestação de Deus através do homem. É a centelha divina que nos aproxima mais do Criador. Em tudo na vida, devemos praticar o amor.

Não basta querer, é preciso trabalhar para transformar sonhos em realidade, e a determinação é o que possuímos de mais elevado para realizar as tarefas
necessárias às transformações que almejamos.

Toda e qualquer conquista é fruto de nossa coragem de avançar e vencer.

A solidariedade é o sol que clareia os caminhos, é o alimento que mata a fome, é o agasalho que aquece das tempestades, é a água que sacia a sede no deserto, é o conforto do corpo e da alma, garantindo que vale a pena viver. Solidariedade é reconhecer Deus no outro.

A fraternidade faz-nos cear na mesa do Senhor e transformar o vinho e o pão em alimentos sagrados para o corpo e o espírito.

Não basta ter vida, é preciso vivê-la. E vivê-la é palmilhar a senda em busca do aprimoramento pessoal, que passa, impreterivelmente, pelo coletivo, através da corrente divina que une cada elo ao Supremo Criador.

Cada Caminho representa o desvendar de um mistério de Deus. Quando o caminhante sente a individualidade de cada passo da senda e retira de cada um o melhor que nele existe, assenta tijolo por tijolo no templo de seu viver, na edificação de um novo homem, contribuindo, desta forma, para a construção de um mundo melhor. Assim, ao concluir mais este Caminho, estará carregando em sua mochila a certeza de que valeu a pena caminhar.

O caminhante, peregrino ou romeiro é como o homem do campo: só necessita da terra e do que ela produz para manter-se vivo. E, se algo falta, Deus completa, nem dá para perceber.

 

Fazer Download do Livro Guia